Notícias

Notícias

Mercado Livre de Energia ajuda empresas a enfrentar a crise econômica

Ainda que o tombo percebido no primeiro semestre de 2020 não tenha sido totalmente superado, observamos nos últimos meses uma leve recuperação sustentada da economia e, por consequência, do consumo de energia elétrica.

De acordo com informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), houve um crescimento de 3,7% na demanda por energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN) em dezembro de 2020 na comparação com mesmo período do ano anterior, puxados por 3 dos 4 subsistemas do país (apenas a região NE não notou crescimento). O mesmo movimento positivo foi observado no primeiro bimestre do ano.

Entretanto, o agravamento da crise sanitária nos últimos dias, exigiu novo esforço de isolamento social levando o comércio a fechar suas portas. Sem a demanda destes, a indústria também reduziu a sua produção. Por isso, em um cenário de incertezas quanto à geração de receitas e com custos fixos pouco gerenciáveis, é primordial encontrar alternativas para manter a sustentabilidade do seu negócio e poder pensar em seus projetos de longo prazo.

Assim, a melhor opção para as empresas que possuem demanda a partir de 500 kW é migrar para o Mercado Livre de Energia Elétrica, em que a energia é negociada livremente sem taxas e tarifas estabelecidas no mercado regulado, representando até 30% de economia nos gastos com energia.

Para se ter uma ideia, os custos de uma indústria com energia elétrica, podem representar até 40% do faturamento da empresa. Por isso é tão importante buscar as melhores soluções para a economia na fatura de cada empresa.

Como migrar para o Mercado Livre de Energia Elétrica?

Se você nunca ouviu falar sobre essa modalidade, ou acredita que deva ser um processo complexo para realizar a migração, não se preocupe. A AES Brasil possui uma plataforma exclusiva e totalmente online para auxiliar as empresas que desejam aproveitar os benefícios do Mercado Livre de Energia Elétrica, que é o Energia+. Por meio da plataforma, o cliente recebe toda a assistência necessária para efetuar os passos de forma prática e ágil.

Clique aqui para saber mais como funciona o Energia+ e aproveite a oportunidade!

Fontes: www.moneytimes.com.br; www.ons.org.br.